Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 21 DE FEVEREIRO DE 2018

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  21/02/2018   Procon quer reduzir tarifa da Trensurb - EMPRESA SINALIZOU possibilidade de diminuir valores, cujo aumento foi de 94% neste mês.     21/02/2018   Coleta itinerante de eletrônicos - A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos promove no próximo sábado, a Coleta Itinerante de Resíduos ...     21/02/2018   Obras da Copa voltam ao horizonte - Prefeitura assinou empréstimo com Banrisul de R$ 120 milhões para pagar construtoras que haviam parad...     20/02/2018   GM vai aumentar produção em São Caetano, que terá carros inéditos a partir de 2020 - Dentro de 1 ano, montadora passará a fabricar 330 mi...     20/02/2018   INFRAERO LANÇA LICITAÇÕES NO SUL - A Infraero publicou os editais de licitação para a concessão dos terminais de carga (Teca) dos aeropor...     20/02/2018   AMAZON NEGOCIA GALPÃO NO BRASIL - O grupo americano de varejo online Amazon.com está transferindo as operações logísticas no Brasil para ...     20/02/2018   ALCIS É PARCEIRO GOLD DA ORACLE - A ALCIS, sócia-apoiadora da Abralog, iniciou em 2017 um processo de certificação na ORACLE. Registrou o...     20/02/2018   CNL SERÁ JUNTO COM A INTERMODAL - Nova parceira da UBM, a Associação Brasileira de Logística, a Abralog, realiza sua XXI Conferência Naci...     20/02/2018   2018: ano de investir no transporte - Leia a primeira parte da entrevista concedida pelo presidente da CNT, Clésio Andrade, à edição de j...     20/02/2018   Presidente da CNT fala sobre os 25 anos do SEST SENAT - Leia a segunda parte da entrevista de Clésio Andrade concedida à Revista CNT Tran...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

11/10/2017

RGE Sul estima que economia do horário de verão seria suficiente para abastecer uma cidade como Ivoti por mais de um mês

Economia

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

São Leopoldo, 11 de outubro de 2017 - O Horário Brasileiro de Verão 2017/2018 começará à zero hora de domingo, 15 de outubro de 2017, com seu término previsto para a meia-noite do dia 18 de fevereiro de 2018, durando 127 dias. O objetivo principal é a redução da demanda máxima do Sistema Interligado Nacional durante o horário de ponta, das 19h às 22h. Isso é possível porque a energia elétrica passa a ser utilizada mais tarde, em função do adiantamento de uma hora. O efeito provocado é o de não haver a coincidência de maior uso da energia com o consumo existente ao longo do dia pelo comércio e pela indústria.

Na média, as pessoas chegam em casa a partir das 18h, início da noite. Logo, uma das primeiras ações é acender a luz. Na mesma hora, entram em operação a iluminação pública e os luminosos comerciais, por exemplo. No período do horário de verão, as cargas das residências e de iluminação pública passam a operar após as 19h, quando o consumo industrial começa a cair.

 

Ao se deslocar o horário oficial em uma hora, dilui-se por um período maior o momento de entrada em funcionamento desses equipamentos. Dessa forma, o ganho, além da economia, está em afastar os riscos de sobrecarga no sistema elétrico no momento que o sistema atinge o seu pico de carga coincidente. A redução real de consumo projetada para toda a área de concessão da RGE Sul é de cerca de 5.880 MWh na faixa de horário das 19h às 22h, o que equivale ao consumo residencial de uma cidade como Ivoti por 33 dias.

 

Cidade

Quantidade de dias

Alegrete

20

Arroio do Meio

19

Caçapava do Sul

22

Cachoeira do Sul

16

Campo Bom

10

Canoas

2

Encantado

26

Ivoti

33

Lajeado

3

Novo Hamburgo

3

Santana do Livramento

19

São Gabriel

24

São Leopoldo

3

Uruguaiana

12

Venâncio Aires

10

 

 Histórico no Brasil


A medida foi adotada pela primeira vez no Brasil em 1931, mas de forma consecutiva, o horário de verão acontece há 28 anos. Esta é 43ª edição do horário de verão no Brasil. Os estados que adotam a medida são: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

 

Em 8 de dezembro de 2008, foi assinado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva o decreto de número 6.558, que estabelece os padrões para as futuras horas de verão em parte do território nacional. Segundo o artigo primeiro do decreto 6.558, fica instituído que a hora de verão de todos os anos tem início a partir de zero hora do terceiro domingo do mês de outubro, até a zero hora do terceiro domingo do mês de fevereiro do ano seguinte.

 

Atualmente, vários países fazem mudança no horário convencional para aproveitar a luminosidade do verão. Entre eles estão os países membros da União Europeia, a maioria dos países que formavam a antiga União Soviética, a maioria do Oriente Médio (Irã, Iraque, Síria, Líbano, Israel, Palestina), parte da Oceania (Austrália, em parte do seu território, e Nova Zelândia), a América do Norte (Canadá, Estados Unidos e México), alguns da América Central (Cuba, Honduras, Guatemala, Haiti e Bahamas) e da América do Sul (Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Chile).

 

 

Dicas da RGE Sul para economia de energia elétrica

Ø  Nos dias quentes, colocar o chuveiro na posição "verão" (o consumo será cerca de 30% menor). Em algumas cidades é possível até desligar o chuveiro, e tomar uma ducha para refrescar!

Ø  Limpar periodicamente os orifícios de saída de água do chuveiro;

Ø  Tomar banhos mais rápidos e desligar a torneira ao se ensaboar;

Ø  Nunca reaproveitar uma resistência queimada. Isso provoca o aumento do consumo e coloca em risco a segurança do usuário;

Ø  Uma boa opção também são os aquecedores solares para água, que cada vez mais possuem preços atrativos e necessitam de baixa manutenção.

Ø  Instalar a geladeira em local bem ventilado, não encostada em paredes ou móveis, longe de raios solares e fontes de calor, como fogões e estufas;

Ø  Nunca utilizar a parte traseira da geladeira para secar panos ou roupas;

Ø  Nunca colocar alimentos quentes na geladeira e não forrar as prateleiras da geladeira;

Ø  Não deixar a porta da geladeira aberta por muito tempo e não se esquecer de manter as borrachas de vedação da porta em bom estado. Um bom teste é colocar uma folha de papel, fechar a porta da geladeira e tentar retirá-la. Se a folha sair muito fácil, pode ser que a borracha já esteja precisando de atenção;

Ø  Apagar a luz ao sair de um ambiente;

Ø  Não dormir com a televisão ligada;

Ø  Não usar benjamins (peça para ligar vários aparelhos a uma só tomada);

Ø  Acumular roupas para lavar e também para passar. O tempo para aquecer o ferro representa um consumo bem alto, é melhor que isso seja feito menos vezes;

Ø  O ferro elétrico tem regulagem de temperatura, procure separar as roupas por temperatura que serão passadas, assim pode tornar o uso mais econômico;

Ø  Limpe o filtro da máquina de lavar com frequência;

Ø  Nos banheiros, cozinhas, lavanderia e garagem, instalar lâmpadas LED. Elas iluminam melhor, duram mais e gastam menos energia. Se, para iluminar uma cozinha, utiliza-se uma lâmpada incandescente de 100 Watts, a substituição por uma modelo a LED pode trazer uma economia de até de 80%;

 

Ø  A substituição das lâmpadas incandescentes e fluorescentes para tecnologia LED é importante também quando pensamos no aquecimento do ambiente, sendo que a incandescente aquece muito, e a LED é fria. Não aumentando o aquecimento do ambiente, é possível se utilizar menos o ar condicionado e ventilador.

Ø  Sempre manter os ambientes o mais arejado possível, abrir cortinas e janelas ajuda na ventilação e reduz a necessidade de ar condicionado e ventiladores, além de ser ótimo para a saúde manter o ar sempre renovado, evitando a proliferação de resfriados, por exemplo. Como no verão há muitos insetos, uma boa ideia, é colocar tela na janela, assim é possível deixar as janelas abertas.

Ø  Quando o uso do ar condicionado é inevitável, o ideal é utilizá-lo da melhor maneira possível, evitar longos períodos ligados, utilizar a função timer, deixar durante a noite por volta dos 23º, que mantém o ar numa temperatura agradável e não provoca esforço demasiado nos equipamentos.

Ø  Os equipamentos de ar condicionado também possuem selo PROCEL, e é interessante que isto seja observado na compra, sempre buscando aparelhos com selo A.

Ø  Manter os filtros do ar limpos também é uma ótima iniciativa de economia, pois assim o motor não se esforçará mais que o ideal.

 

Por sergiostock.com.br

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Valores do RNTRC serão reajustados

Preço da gasolina nos postos tem 1ª queda em 14 semanas, diz ANP

Petrobras anuncia mudanças na divulgação do preço da gasolina e do diesel

Archer prevê safra de cana 2018/19 menor no centro-sul, vê alta em produção de etanol

Petrobras recebe multa do Ibama relacionada a despejo de óleo no mar

Procon quer reduzir tarifa da Trensurb

Coleta itinerante de eletrônicos

Obras da Copa voltam ao horizonte

GM vai aumentar produção em São Caetano, que terá carros inéditos a partir de 2020

INFRAERO LANÇA LICITAÇÕES NO SUL

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística